Estou grávida, e agora?

Foi há cerca de 14 anos que dei por mim a fazer pela primeira vez esta pergunta! 

Estou grávida, e agora? 

Na verdade começou aí um caminho de descoberta, de desafios, dúvidas, mas também uma viagem cheia de bons momentos. Era a primeira de 6 viagens únicas, cada uma à sua maneira!

Em cada uma aprendi muito, senti de maneira diferente, tive dúvidas iguais e diferentes …  Houve alturas que tive dúvidas sobre a gravidez, outras era o parto que me preocupava e depois vinham os desafios da amamentação. 

O que me ajudou imenso a ultrapassar cada dúvida, receio ou dificuldade, foi ter o apoio certo.. 

Ao longo dos anos juntei à experiência de mãe a formação e passei a estar disponível para apoiar cada mulher que me encontra. É na condição de doula, a mulher que serve (tradução do grego), que as mulheres me procuram, ou encontram, como prefiro dizer ainda durante a gravidez. 

É aqui que entra a resposta à questão: 

Estou grávida, e agora?

Agora rodeia-te do apoio que sentes que faz sentido para ti, tu mereces! 

E que apoio é esse? 

Para cada mulher é provavelmente um apoio diferente, cada uma procura diferentes maneiras de se sentir protegida, segura e informada. 

Mas para todas o apoio certo é aquele vindo de alguém que não julga as suas escolhas,  baseado numa relação de confiança e empatia e que a acompanhe lado a lado. 

Hoje sou mãe de 6 filhos, continuo com desafios diários, mas conto com a experiência que me mostra que é seguro pedir ajuda. 

Artigo escrito por Ana Custódio originalmente publicado em:

Revista digital “Nova Costa de Oiro” , Julho 2019

Lista Mala para a Maternidade

Subscrevo a newsletter

I agree to have my personal information transfered to MailerLite ( more information )

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *